Suporte > Base de Conhecimento > Nota Fiscal Eletrônica > Gerar Lotes RPS para emitir NFSe Paulistana


Gerar Lotes RPS para emitir NFSe Paulistana




Os prestadores de serviços na cidade de São Paulo (capital) já podem optar por emitir Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) em substituição ao talão de notas de forma gratuíta pelo SuperAgendador.com.
A vantagem é poder enviar as notas ao cliente/tomador dos seus serviços por e-mail, evitando custos de correio ou deslocamento para entregar a nota em papel. Você também não precisa imprimí-la. Na verdade, há a opção de configurar o envio automático da nota por e-mail pela própria prefeitura assim que o processo é concluído.

Antes de mais nada, é necessário que o seu CCM já esteja emitido. Você pode consultar no site da Prefeitura, menu “CCM”, opção “Ficha de Dados Cadastrais”. Com o seu número CNPJ é possível consultar as informações.

Se você não tiver um e-CPF/e-CNPJ para acessar o Site da Prefeitura, o próximo passo é solicitar a “Senha Web” pelo site mesmo. Lembrando que todas as prestadoras de serviços podem solicitar a NF-e, inclusive optantes pelo Simples.

Na opção da NF-e, clique em “Acesso ao Sistema” e siga as instruções. Será gerado um formulário que deve ser assinado e reconhecido firma do dono da empresa e entregue, junto com alguns documentos que estarão discriminados, na Praça de Atendimento do Vale do Anhangabaú, lembrando que é necessário marcar horário para ser atendido.

Depois de entregue, mediante protocolo, a Prefeitura envia para seu e-mail a confirmação de liberação da senha.

O próximo passo é acessar e acertar as configurações da sua empresa. Para que o ISS não seja gerado, você deve verificar se a opção Simples Nacional está assinalada.

As empresas que são tributadas pelo Lucro Presumido, estão obrigadas a emitir suas notas eletrônicas mediante certificado digital (e-CNPJ ou e-CPF). As que são tributadas pelo Simples ainda não estão obrigadas, podendo continuar emitindo com sua Senha Web.

Agora é só fazer o download dos seus Recibos Provisórios de Serviços (RPS) pelo SuperAgendador.com, depois acessar no site da prefeitura o menu “Envio de RPS em lote” para carregar seu arquivo de lote RPS e gerar as NFS-e.

Todo o sistema foi adaptado para simplificar o processo de emissão de NFS-e, ao clicar pela primeira vez a geração o Lote RPS (Financeiro) você será redirecionado para as uma tela para informar seu município, CCM e categoria na qual sua empresa se enquadra. Após salvas estas configurações será possível gerar os Lotes RPS.

Além disso, na tela de visualização da Comanda foi incluído o campo CPF para simplificar o processo de atualização do cadastro do seu Cliente quando ele solicitar “CPF na nota”.

Lembrando que esse modelo contempla apenas a emissão eletrônica de serviços, caso produtos sejam incluídos em determinadas comandas, no momento da geração do RPS eles serão ignorados. Isso porque a cobrança de imposto sobre Produtos é direcionada para o Estado, e apenas o imposto sobre Serviços deve ser enviado para o Município. Para emitir NF-e de produtos relativos ao estado de SP sugerimos a utilização do sistema fornecido pelo próprio governo do estado, disponível no link: www.emissornfe.fazenda.sp.gov.br

Esta resposta lhe foi útil?

Adicionar aos Favoritos Adicionar aos Favoritos    Imprimir este Artigo Imprimir este Artigo

Veja também
Dúvidas frequentes sobre NFSe e RPS (Visualizações: 1434)